Pichações em apoio à LCP tomam as ruas de todo país

26/05/2021 10:36

As pichação trazem as consignas: Abaixo o governo militar genocida de Bolsonaro! Viva a LCP!

Também foram encontradas as consignas: Viva a LCP! Morte ao latifúndio!, Terra para quem nela trabalha! Todo apoio ao Acampamento Manoel Ribeiro!

Os motivos do apoio

Desde que os camponeses organizados pela LCP em meados de 2020 retomaram as terras que restavam da antiga fazenda Santa Elina, em Rondônia, palco da Heroica Resistência Armada de Corumbiara em 1995, e formaram o Acampamento Manoel Ribeiro, o latifúndio em conluio com o velho Estado se assanhou por aterrorizar e criminalizar os trabalhadores para que pudessem colocar em práticas as mais horrendas práticas contra as famílias. 

Diversas atrocidades foram cometidas contra as mais de 200 famílias camponesas do acampamento durante uma operação de guerra ilegal montada pelos reacionários. Houveram perseguições diárias, uso excessivo de bombas de gás lacrimogêneo, tiros de bala de borracha e spray de pimenta, tentativas de invasão, uso de helicópteros sobrevoando o acampamento, cerco ilegal e isolamento da área, impedimento da presença de trabalhadores da saúde em plena pandemia de Covid-19, dentre outros. O último fato ocorrido foi o covarde ataque de policiais contra dez camponeses, prendendo outros quatro, em acusações infundadas e forjadas.

Porém, as famílias resistiram às diversas tentativas de despejo, rechaçando as centenas de forças militares deslocadas para aterrorizar e massacrar os camponeses. Em meio à resistência, prosseguiram com a produção de alimentos e criações, dispostas a pôr em prática a Revolução Agrária proclamada por eles.

Bolsonaro, em meio a um cerco ilegal que acontecia contra os camponeses, afirmou que a LCP tem “levado terror ao campo àquele estado”, tentando tachar como terroristas os que lutam pela terra. Outras declarações de reacionários contra o movimento também foram feitas. O general da reserva e ministro da Defesa, Braga Netto, afirmou também: “O agro é a força desse país. As Forças Armadas estão para proteger os senhores”, em clara resposta ao movimento camponês.

Diante deste cenário de injustiças, somados ao genocídio deliberado que ocorre atualmente sobre o pretexto da pandemia, por todo país se levantam manifestações de apoio à LCP e rechaço a Bolsonaro e generais.

FONTE: https://anovademocracia.com.br

 

Voltar

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!