Conheça as tecnologias do futuro e as tendências para 2021

13/01/2021 15:25

Conheça as tecnologias do futuro e as tendências para 2021

Publicado por nome do autor em data do post

Em meio a uma época de transformações, as tecnologias desempenham um papel essencial de servir como meio para que a sociedade e o mercado evoluam. Desenvolvimento: esse é o mote para o futuro. Mais que isso, uma afirmação de que, a partir de agora, os movimentos serão constantes. Afinal, todo dia novas tecnologias invadem o dia a dia das pessoas, impactando em sua vida e no seu trabalho. Algumas facilitam, outras complementam, outras as substituem. Para quem quer estar à frente dessa onda de transformação, é essencial entender o que vem pela frente.

No entanto, essa é a grande dúvida: o que vem pela frente? Quais tecnologias entrarão com tudo no mercado dentro de um ano?

De uma coisa você precisa saber: a Transformação Digital já está à todo vapor. Segundo pesquisa com empresas americanas, 70% delas já investem em estratégias de digitalização.

Mas será que esse gasto é realmente relevante? De acordo com outro estudo global, é sim: cerca de 40% do investimento em tecnologias apenas em 2019 foi direcionado a iniciativas de Transformação Digital. Em números, falamos de uma quantia de cerca de US$ 2 trilhões.
Bastante, certo?

Por isso, ficar atento aos movimentos de mercado e garantir que o seu negócio acompanhe esses passos é importantíssimo. Não falamos apenas de recursos que visam melhorar processos, mas realmente reestruturá-los.

As novas tecnologias tornarão a sua empresa competitiva o suficiente para sobreviver no futuro, em um mercado cada vez mais exigente por qualidade e agilidade. Você tem certeza que o seu negócio está no caminho certo?

Para entender mais sobre o momento e se preparar para o futuro das novas tecnologias, preparamos um guia bastante especial. Continue a leitura para aprender tudo!

Como serão as tecnologias no futuro? Confira 9 tendências para 2021

Sem dúvidas, a inovação é o vetor do progresso. E quando falamos em Transformação Digital, falamos justamente disso: apostar na inovação como meio para que o dia a dia das empresa evolua.

Por isso, fabricantes de tecnologias estão atentos e empenhados em impactar cada pequena parte dos processos. Dessa forma, é possível criar todo um ecossistema de soluções que vá otimizar a execução de cada tarefa.

Conheça as principais tecnologias do futuro e prepare a sua empresa para um 2021 de avanços. Confira!

Mais eficiência com o uso de CRMs

O mundo moderno cobra cada vez mais organização da gestão das empresas, especialmente no trato com clientes e leads. Na verdade, contar com um processo estruturado e integrado é a chave para conduzir a comunicação com clareza, transparência e eficiência.

Ou seja, é gargalo perfeito para a utilização de um CRM de ponta, como o Salesforce, software líder mundial no segmento.

Não é de hoje que essa solução é adotada pelas empresas. No entanto, com a evolução tecnológica, mais recursos são adicionados aos programas a cada dia.

O Salesforce, por exemplo, apresenta uma gama completa de recursos. Automação de tarefas repetitivas, marketing personalizado e a leitura aprofundada dos dados de comportamento de cada contato, tudo isso faz parte do pacote.

Portanto, ao utilizar um CRM de confiança, é possível conduzir uma gestão 360º, capaz de revolucionar a sua gestão de relacionamento com os clientes.

Reforço em Segurança da Informação

O LGPD é uma realidade no Brasil. Na Europa, acontece o mesmo com o GDPR.

Ou seja, decretos públicos que obrigam as empresas a reforçar suas diretrizes de segurança da informação, com intuito de evitar sequestro ou vazamento de dados pessoais sensíveis.

A medida é também uma proteção às empresas, para que se mantenham alinhadas com o que há de mais moderno em segurança e evitem prejuízos.

Por isso, nada mais natural que esse tipo de investimento ser um dos focos das empresas nos próximos anos. Não à toa, os gastos esperados apenas em cibersegurança, até 2022, podem alcançar as cifras incríveis de US$ 133.7 bilhões.

Soluções como antivírus e antimalwares ganham destaque. Além disso, empresas que prestam serviços de PaaS ou SaaS também reforçam suas infraestruturas, utilizando tecnologias como o cloud computing.

A corrida agora é para que cada empresa entre em conformidade com a nova lei, elevando o nível de proteção dos dados.

Disseminação do Big Data e Analytics

Apesar de parecer, o uso de Analytics não é uma unanimidade. Falta conhecimento técnico e contextualizado de seu potencial… Algo que o Big Data pode mudar.

Os dados estão se tornando os ativos mais importantes dos negócios. Toda empresa coleta uma quantidade imensurável de dados. Entre estruturados e não-estruturados, encontram-se respostas para perguntas relevantes para o futuro do negócio.

Como reunir isso tudo? Através do Big Data. O termo diz respeito exatamente a este montante de dados, com suas divisões e formatos particulares.

Cabe às empresas investir em soluções que centralizem essas informações e tenham o know-how suficiente para realizar sua análise — o analytics.

Um processo de analytics organizado e aprofundado é capaz de mergulhar nos dados para encontrar padrões e direcionamentos. A partir daí, a missão é compilar isso tudo em relatórios objetivos e que deem a dimensão dos desafios da empresa em relação aos seus objetivos.

No final das contas, com as tecnologias de Big Data e Analytics, você tem um verdadeiro arsenal de inteligência de negócios em mãos. Assim, é possível ler e entender o mercado, seus clientes, seus leads e seus concorrentes.

Dessa forma, você e sua equipe de gestão podem desenhar e conduzir estratégias de negócio muito mais assertivas. É a chance de trocar o conhecimento holístico que sempre permeou o mundo corporativo e colocar em prática uma execução precisa e científica.

Soluções do tipo já estão presentes nas empresas, mas com o tempo ganharam corpo e oferecem muito mais possibilidades. O Salesforce é um exemplo, com recursos de analytics completos para você entender o comportamento de seus consumidores.

Inteligência Artificial e Machine Learning como protagonistas

Afinal, o que tecnologias como IA e Machine Learning podem fazer por uma empresa?

Se tratam de recursos capazes de prever situações e agir com máxima precisão para resolver problemas — tudo de forma automática. Além disso, são tecnologias que aprendem com o ambiente, captando padrões e desenvolvendo respostas imediatas a cada situação.

É o caso de muitos chatbots — tema que exploraremos logo mais — mas que, com certeza, você já viu ao navegar por sites de empresas ou e-commerces na internet.

No contexto corporativo, isso se aplica a incontáveis soluções. Por exemplo, o chão de fábrica de uma fabricante de automóveis tende a ser todo automatizado, com máquinas desempenhando toda montagem dos veículos.

Muito mais que uma sequência de movimentos, falamos de algoritmos incorporados a cada máquina que os permite desempenhar seu serviço com muito mais eficiência.

Além dos efeitos práticos, a Inteligência Artificial e o Machine Learning podem ser incorporados em soluções de Big Data e Analytics, potencializando seu desempenho.

Ou seja, uma quantidade imensa de informações pode ser lida em segundos e, através da tecnologia, servir de gatilho para ações automatizadas que impactem positivamente o core business da empresa.

Ascensão de soluções IoT e do Edge Computing

O IoT ganhou popularidade com a disseminação dos dispositivos smart (com conexão à internet): geladeiras, tevês, câmeras, sistemas de iluminação, assistentes pessoais e etc. Acontece que esses gadgets, parte essencial da Internet of Things (Internet das Coisas), representam uma pequena parcela do segmento.

Para empresas, a IoT significa uma forma de se conectar a incontáveis pontos por toda empresa, coletando dados sobre todo dia a dia produtivo: câmeras, sensores, dispositivos de medição, etc.

Já o Edge Computing é outra das tecnologias em ascensão e se trata de uma alternativa à Cloud Computing.

Funciona assim: um sistema de micro data centers localizados na borda ou extremidade de uma rede, o que permite um melhor processamento de dados críticos e também mais perto da fonte.

Para o IoT, a Edge Computing é um complemento quase necessário.

Imagine uma planta industrial inteiramente conectada por sensores de produtividade. Todos eles possuem conexão à Internet e estão integrados entre si e com seu servidor, enviando novas informações a cada segundo. Agora, imagine o peso desse tráfego de dados em sua conexão.
Muita coisa, certo?

O Edge Computing evita justamente isso, interligando as soluções IoT de forma independente, possibilitando uma troca de dados fluida e sem impactos em sua conexão convencional.

A popularização do multi-cloud

Um estudo descobriu que 70% das empresas americanas passariam a utilizar tecnologias multi-cloud até ano passado, em 2019. Esse número representa um salto enorme, pois em 2017 este índice alcançava apenas 10% das empresas.

Mas o que são tecnologias multi-cloud?

Se trata do uso de vários serviços de clouds diferentes, normalmente com provedores variados. Ou seja, como concepção, pense num ecossistema onde tudo funciona — mesmo que tenha origens diferentes.

Até poucos anos atrás, a noção de centralização de uma cloud era muito forte. Por isso, empresas se prendiam à soluções de apenas uma provedora. Agora, a exigência e as expectativas são muito maiores — e é necessário aproveitar o que cada cloud tem de melhor.
Por isso, o multi-cloud se popularizou e ganha cada vez mais adeptos.

Na sua empresa, vale a pena pensar em entrar para o clube: por que não reunir em seu portfólio de soluções, serviços efetivos de diferentes provedoras? Assim, você concentra o que há de melhor para as suas necessidades, sem as amarras de uma infraestrutura monolítica.

Consolidação do UX como um dos pilares de negócio

User Experience ou Experiência de Usuário, um conceito comumente aplicado à design que vem guiando a forma com que as empresas desenvolvem seus produtos e soluções.

O UX não em si uma tecnologia, mas sim uma filosofia de desenvolvimento que busca desenvolver soluções cuja interface se adeque às necessidades de seu usuário.

Ou seja, a usabilidade de um software deve ser a mais intuitiva e objetiva possível, facilitando o trabalho do usuário. É um dos protagonistas por trás de um conceito semelhante, a Experiência do Cliente, um dos pilares da Transformação Digital.

Para as empresa, investir em UX é tornar seus produtos e soluções ainda mais personalizados conforme a necessidade dos clientes. Ou seja, você ativamente resolve suas dores, facilitando o seu processo.

No fundo, é o que todos os fabricantes e desenvolvedores buscam, certo?

Afinal, porque você acha que, todo ano, a Apple ou Samsung mudam o design de seus smartphones?

O intuito é atender às necessidades dos clientes, promovendo uma experiência de utilização rica — e ainda assim simples.

Bots e chatbots para auxiliar no dia a dia das empresas

Como adiantamos acima, com certeza você já cruzou com chatbots em sites pela Internet.

Se tratam de recursos que, cada vez mais, ganham espaço no mercado por cumprir funções com extrema eficiência. Entre os destaques, estão o atendimento (como é possível ver em um e-commerce) e o suporte (com soluções de help desk).

É possível personalizá-los, com respostas que se encaixam em diferentes contextos e estabelecer uma conversa com os leads sem que haja uma pessoa ali. Tudo feito de forma automática, com base em IA e Machine Learning.

Com certeza, uma das tecnologias mais promissoras para empresas que querem cortar custos e otimizar processos.

Investimento em Automação dos Processos (RPA)

Falando em automação de processos, outra das tecnologias que vem ganhando terreno é o RPA, o Robotic Process Automation (ou Automação de Processos com uso de Robôs).

Um software RPA pode estar inserido em uma infraestrutura que utiliza de Inteligência Artificial por trás do back-office de uma empresa. Assim sendo, a solução atua de forma automática ao ler dados, adaptando sua execução conforme o cenário exigir.

O RPA serve para agilizar processos tanto no back-office e também no middle-office, possibilitando que as equipes de operação se dediquem estrategicamente ao negócio.

Aposte em tecnologias inovadoras para ter um 2021 de sucesso

Bastante informação, certo? Nós sabemos. A quantidade de novas tecnologias criadas e testadas só aumenta. Porém, essa é uma boa notícia: para todas as camadas do mercado, há uma solução que possibilita que as empresas se modernizem.

A digitalização é um passo essencial para que seu negócio se mantenha competitivo no futuro e que sua marca perdure, crescendo de forma escalável.

A pergunta é: sua empresa está pronta para entrar nessa jornada? Então comece pelo principal, implemente um CRM! Com o software de gestão de relacionamento com clientes, você fortalece sua base de negócios com uma solução que oferece tudo das principais tecnologias — resultando em uma melhor condução das negociações e na otimização de processos.

Quer descobrir como o Salesforce, o CRM líder de mercado e desenvolvido por uma das empresas mais digitalizadas do mundo, pode ajudar o seu negócio? Converse com um de nossos especialistas!

Fonte: https://www.sottelli.com/transformacao-digital/conheca-as-tecnologias-do-futuro-e-as-tendencias-para-2021/

Voltar

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!